quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Família de origem

James Framo, já em 2002 refletia que "(...) o aspecto que considero mais importante do meu trabalho, que é o envolvimento da família de origem no tratamento de famílias, casais e indivíduos. (...) 

Vale dizer que as atuais dificuldades (...) são consideradas esforços de reparação no sentido de corrigir, controlar, defender-se e apagar antigos e perturbadores paradigmas relacionais ligados à família de origem. 

Na escolha de certas relações íntimas em particular, mais que de outras, as pessoas tentam encontrar soluções interpessoais para conflitos intrapsíquicos. 

A maior parte das pessoas não "vê" o parceiro ou os filhos pelo que são, uma vez que existem fantasmas a impedir uma visão clara: os outros significativos são apenas vagos representantes de figuras pertencentes ao passado e de aspectos escondidos de si próprios.
"


Sem comentários:

Publicar um comentário